O Genocídio da juventude negra e a arte como resistência

A mesa O genocídio da juventude negra e a arte como resistência aconteceu no ponto de cultura Afrobase e trouxe o ativista e militante do movimento negro Juninho (Círculo Palmarino, a rapper Amanda Negrasim, o militante Douglas Belchior e o politico Gabriel Medina para debater e refletir sobre esse tema na comunidade do Rio Pequeno.